Topografia de Córnea

Topografia de Córnea é um exame médico semelhante a um mapa, assim como os mapas que vimos na escola. Ele serve para o médico oftalmologista identificar irregularidades na córnea, além de adaptar lentes de contato.

Neste exame as áreas mais elevadas estão em vermelho, enquanto áreas planas estão em verde e áreas mais baixas em azul. O aparelho de topografia possui uma série de anéis iluminados que refletem na córnea, de maneira que o computador possa reconstruir um mapa de relevo. Ele utiliza o reflexo destes anéis e a proximidade entre eles para calcular a curvatura da córnea.

Exemplos de topografia de córnea

Um exame alterado pode demonstrar doenças como ceratocone, e da mesma forma, irregularidades causadas por traumas. O uso de lentes de contato, muitas vezes, requer um exame prévio de topografia corneana, para que o médico possa escolher a melhor lente para o paciente.

Basicamente o ceratocone é um afinamento da córnea, o qual com o passar do tempo pode ficar mais pontudo. Exemplos ilustrativos de uma córnea são uma bola de futebol (córnea normal) e uma bola de futebol americano (ceratocone). A topografia também pode e deve ser utilizada em exames pré-operatórios de cirurgias refrativas, catarata e pterígio.

Cuidados para a realização do exame:

  • Evite o uso de lentes de contato por pelo menos 2 semanas antes do exame. O uso de lentes pode alterar a curvatura da córnea e falsear o exame (warpage de córnea);
  • Realize a limpeza adequada de cílios e pálpebras;
  • Evite o uso de maquiagem no dia do exame (lápis, máscara para cílios, delineador, cílios postiços).

Esses cuidados são necessários para garantir a confiabilidade do exame. Com um resultado falso podemos ter um diagnóstico incorreto e, catastroficamente, um tratamento incorreto.

Siga as orientações da equipe. Da mesma forma, não fique receoso quanto a qualidade do exame, geralmente o aparelho avisa quando ocorre algum erro de aferição das medidas.